11/17/2009

MEU REFRÃO

Esse jeito de olhar, resta um corpo suado a bailar,
lá no céu...
Veste roupas que o azul teima em namorar,
Sonha dança que o vento rouba para o mar,
fazer balançar.
Essa boca trás, um soneto, um verso,
meu teto na confusão,
Minha luz.
Meiga e santa comunhão,
Faz de mim o seu refrão.
Nosso amor!
Linda poesia em corpo de mulher,
Tem o no mundo, uma esperança tanta,
De fazer-se em tudo que quiser,
Noite, estrela, lua,
musas que jamais terão,
Nosso amor!
Meiga e santa comunhão,
Faz de mim o seu refrão.
Meiga e santa precisão,
Faz em mim, seu perdão.

Na verdade fiz apenas a letra,
a música ainda não se encaixou na letra,
se alguém gostar e musicar e só me falar.

Um comentário:

  1. Maria Alice20/11/2009 15:28

    Adoraria ouvir a música, pelo que entendi ainda não tem.

    ResponderExcluir

Escreva o que sentiu, fale sem constrangimento, preciso da sua opinião. Mas respeite as normas e leis do país e principalmente respeite as pessoas.